Blog Puro Bem-Estar

/Saúde

Água e sais minerais: entenda mais

 

A água é um dos elementos mais importantes para a vida de qualquer ser vivo. Responsável por grande parte do corpo humano, o líquido é extremamente importante para o bom funcionamento dos órgãos e sistemas. Assim, atentar-se à sua ingestão é importante!

Outro composto também muito importante são os sais minerais. Para o bom desenvolvimento do corpo e funcionamento do metabolismo, os sais minerais são responsáveis também pela formação de estruturas como ossos e dentes, além de atuar na coagulação, na respiração celular e na condução do impulso nervoso.

 

O ponto-chave dessa discussão está no fato do corpo humano não ser capaz de produzir sais minerais sozinho. Assim, é necessário fornecer, através de alimentos e suplementos, as quantidades necessárias para o corpo humano.

 

Mas você sabia que a água que tomamos pode ajudar e muito no fornecimento dos nutrientes que nosso corpo precisa? No caso, as alternativas são as águas minerais, que vêm de fontes que adicionam sais naturalmente à água, e as que têm adição por meio de purificadores e outros sistemas.  

 

Quando você consome uma água que conta com sais minerais, está fornecendo ao seu corpo uma união da qual ele necessita! O que você sabe sobre sais minerais? Para o que eles servem? Confira!

 

A importância dos sais minerais

Como já dissemos, os sais minerais são importantes para garantir o funcionamento completo e equilibrado do corpo humano. Porém, assim como há uma série de sistemas em nosso corpo, há também uma série de sais minerais existente. Cada um serve para um tipo de manutenção e é importante que você saiba quais são as especificidades de cada um.

 

Cálcio

É importante na formação de dentes e ossos e atua também na atividade celular, sendo responsável pela permeabilidade da membrana. Além de atuar na coagulação do sangue, tem papel importante na contração muscular e formação de tecidos.

 

Ferro

Você já deve ter ouvido da sua mãe o quão importante é uma dieta rica em ferro. Isso porque, no sangue, este elemento é responsável por compor a célula responsável pelo transporte de gases em nosso corpo.

 

Flúor

O flúor é especialmente famoso quando o assunto são os dentes. Se o cálcio é responsável pela formação dos nossos dentes, o flúor tem o papel de manter em ordem os esmaltes que protegem cada um deles. Garantir níveis adequados de flúor ajuda a evitar cáries dentárias!

 

Fósforo

Também importante para a formação de ossos e dentes, o fósforo atua nas atividades realizadas pelas enzimas e também tem importância na construção das membranas celulares.

 

Magnésio

O magnésio é bastante importante na síntese de vitamina D que, por sua vez, é grande aliada do cálcio na composição dos ossos do nosso corpo. Também tem importância nas atividades enzimáticas.

 

Potássio

As células nervosas são o berço desse elemento. Além de regular a quantidade de água no nosso organismo, sua função também é a de controlar a pressão sanguínea.

 

Sódio

O sódio é aliado do potássio no sistema muscular e tem participação nos processos de absorção de elementos como glicose e água.



O perigo dos excessos

Agora que você já sabe que os sais minerais são bastante importantes para o corpo humano, é hora de falarmos sobre como o excesso deles pode ser perigoso.

 

Ferro

Se consumido em excesso, pode causar distúrbios gastrointestinais.

 

Cálcio

Considerando que o cálcio é o responsável pela formação de estruturas como ossos e dentes e que os rins são responsáveis pela filtragem do sangue, não é difícil concluir o prejuízo do excesso de cálcio. O resultado nada mais é do que a famosa pedra no rim! Insuficiência renal também pode ser um dos problemas.

 

Fósforo

O cálcio é um dos elementos responsáveis pela absorção de cálcio. Logo, o seu excesso resulta no aumento da porosidade dos ossos.

 

Magnésio

Enquanto que a carência desse nutriente pode causar fraqueza e hipertensão, o seu excesso pode resultar em diarreia.

 

Sódio

O cloro é especialmente perigoso se consumido em excesso. Não é à toa que os purificadores têm recebido tecnologias capazes de filtrar e eliminar o excesso na água. Quando consumido demais, o cloro pode causar pressão alta, ataque cardíaco e perda de cálcio.

 

Potássio

O potássio, quando em carência, reduz a atividade de músculos como o miocárdio ? do coração. Assim, o seu excesso pode causar arritmia cardíaca, podendo levar, inclusive, à morte.

 

Agora que você já sabe mais sobre a relação entre a água e os sais minerais, é hora de dar mais atenção à água que você e a sua família consomem! Já conhece os purificadores Latina? São equipamentos com a mais alta tecnologia, com adição de sais minerais à água. Tudo balanceado e nas quantidades que seu corpo precisa!

 

Voltar
}