Blog Puro Bem-Estar

/Saúde

Bom café: o que influencia no seu cafezinho?

 

A xícara quentinha e o cheirinho de café feito na hora conquistam o coração de muita gente, sobretudo dos brasileiros. A bebida, que faz parte do dia a dia de grande parte das pessoas, é adorada por diversos motivos: seja pelo seu poder energético ou mesmo pelo simples prazer de saborear um café de qualidade.

E, falando nisso, o que é um café de qualidade? Você sabe o que influencia no resultado final do seu cafézinho? No post de hoje, você vai descobrir tudo o que precisa saber para garantir o melhor café que você já tomou!

 

Café moído na hora

Esse é um detalhe bastante importante para que você tenha aquela experiência maravilhosa que é tomar um café de qualidade. O café moído na hora é famoso e todos sabemos que a sua qualidade é indiscutível, mas você sabe por quê?

 

Os compostos do café são bastante sensíveis a fatores externos, sobretudo à exposição ao oxigênio. O grão do café é o responsável por guardar e proteger tudo isso e, assim que o café moído entra em contato com o ar, grande parte de sua composição ? e tudo aquilo que faz do café ?o? café ? pode acabar se perdendo aos poucos. Por isso, o recomendado é moer os grãos na hora!

 

Mas, então, o café embalado não é bom?

Há muitos cafés que já vêm moídos e que são muito bons também! A qualidade de um café preparado com grãos moídos na hora é inegável, mas alguns cuidados também podem garantir uma boa experiência com o pó de café embalado: se você mantiver o pó muito bem embalado, em lugar seco e arejado, e consumi-lo em até 4 meses da data de fabricação, você também poderá usufruir de um bom café.

 

Além disso, não é somente a questão da moagem que influencia. O ponto de torra, a variedade, a qualidade do grão e também a colheita e o manuseio do café têm sua contribuição.

 

A importância da água

Quais são os dois únicos ingredientes para o preparo de uma xícara de café? Água e café, certo? Agora que você já sabe a importância do pó de café, é hora da dica mais importante e que ninguém nunca leva em consideração: a qualidade da água.

 

Já que mais de 90% da bebida é composta por água, prestar atenção na qualidade do líquido pode fazer milagres pelo seu café. É fundamental que a água seja limpa, fresca e sem odor! Isso pode parecer óbvio, mas você provavelmente se lembra de alguma vez que ingeriu um copo d?água e sentiu sabor de cloro, por exemplo. Essa é, inclusive, uma outra ressalva quanto à água de qualidade no preparo do café: o cloro pode acabar com a qualidade da sua bebida. O ideal, nesses casos, é garantir um filtro ou purificador de água que tenha eficiência na remoção de cloro.

 

Outra opção seria utilizar água mineral, porém, os altos níveis de sódio, relativamente comuns nas bebidas engarrafadas, também podem tirar a qualidade da sua bebida. A Associação Americana de Cafés Especiais (SCAA) recomenda até 10mg/L de sódio e 0mg/L de cloro!

 

Outra recomendação importante para a preparação de um café impecável é se atentar à temperatura da água. A ideal é nunca fervê-la. Estranhou? Não é de se surpreender, já que o brasileiro tem o hábito de esperar a água borbulhar para então preparar a bebida.

O ideal é esquentar a água entre 90ºC e 96ºC. Menos que isso pode resultar em cafés sem corpo e pobres de sabor e aroma, já que os compostos solúveis não foram extraídos por completo; no entanto, ultrapassar os 96ºC recomendados pode acabar extraindo compostos amargos e adstringentes, comprometendo o resultado.

 

E aí, pronto para preparar a próxima xícara de café? Coloque todas as dicas em prática e veja como a sua bebida pode ficar ainda melhor!

 

 

 

Voltar
}